Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 18 de junho de 2010

A VAGA QUE ERA ESLOVENA, COM AJUDA DA ARBITRAGEM, FUGIU ENTRE OS DEDOS AMERICANOS

No segundo jogo do dia nesta sexta-feira aconteceu de tudo que não
se pode imaginar em uma competição como a Copa do Mundo, a classificação esteve praticamente garantida do lado esloveno quando abriram 2 x 0 no primeiro tempo com gols de Birsa, aos 12, e Ljubijankic, aos 41 minutos, porém no retorno à segunta etapa, tudo mudou, Donovan diminuiu para 2 x 1 logo aos dois minutos e Bradley empatou aos 36 minutos, porém a questão mais polêmica após a forte pressão amaricana aconteveu perto do fim da partida, o que tinha tudo para ser uma virada histórica com gol de Maurice Edu, foi estranhamente mal anulado pelo árbitro Koman Coulibahly, em um lance que ninguém no estádio conseguiu entender o porque daquela decisão.

Após o término da partida, alguns jogadores norte americanos pressionaram o árbitro reclamando muito sobre o tal gol anulado que tirou dos Estados Unidos o primeiro lugar provisório no Grupo C.

Com o placar final em 2 x 2, a Eslovenia chegou aos 4 pontos, contra 2 dos Estados Unidos e 2 da Inglaterra que no último jogo do dia ficou num monótono e terrível 0 x 0 contra a Argélia que ocupa o último lugar com somente 1 ponto.

Na última rodada, eslovenos enfrentarão a Inglaterra, que desesperada em busca de uma boa atuação ainda não vista neste mundial, jogará somente pela vitória enquanto a Eslovenia pode empatar a partida, já os norte americanos lutarão pela classificação contra os argelinos que só se classificarão por um milagre e um ótimo saldo de gols.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Foi prazeroso ver a Eslovênia fazer 2 a 0 nos Estados Unidos ainda no 1° tempo.

    O árbitro foi quem roubou a cena nesssa partida.A Eslovênia apresentou mta marcação, com duas linhas de 4, formada por defensores e meio-campistas. A atuação do árbitro foi revoltante.Depois de mto insistir, finalmente, numa rara falha de marcação da defesa eslovena, o EUA marca. E 2 mnts depois, quase viraram, mas o juiz anulou o gol americano.Os eslovenos estão mais do q felizes c/ o empate e os americanos têm por que blasfemar contra a arbitragem.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Eu ouvi o José Roberto Wright comentando na transmissão da globo q a falta q originou o gol deveria ter sido marcada a favor da Eslovênia e n contra, logo, o gol n teria acontecido. Q o juiz acabou compensando o erro anterior, inventando a falta.
    Isso já aconteceu em outras partidas, só q o juiz teve mais sorte, no lance seguinte de uma falta inexistente, o gol n aconteceu e os próprios comentaristas admitiram essa sorte do juiz: “Já pensou se sai o gol depois de uma falta q não existiu, de um erro gritante?”
    Na minha opinião quem está sendo prejudicado nessa história é a Eslovênia por ter perdido tempo se defendendo e ao invés de contra atacar imediatamente cobrando a falta a seu favor.
    E ainda por último, a mídia q quer vender notícia está estampando em todos os veículos de comunicação q os EUA foram roubados e a Eslovênia ficou no lucro.
    Um replay para op lance hahahahahaha

    Enfim, os EUA se deu mal e a Ingraterra se ferrou hahahahaha, ou vai se ferrar hahahaha.

    ResponderExcluir