Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 24 de junho de 2010

ARRIVEDERCI AZZURRA

Mais uma força do futebol mundial deu adeus nesta quinta-feira, agora a vez foi da atual campeã mundia, Itália. Em um jogo muito disputado contra a Eslováquia, os italianos foram eliminados pelo placar de 3 x 2.

Na verdade não foi somente o jogo de hoje que eliminou a seleção de Marcello Lippi, mas sim o conjunto da obra, como por exemplo a má convocação do treinador italiano, a falta de renovação em um elenco veterano, o empate com a Nova Zelândia, o sufoco e também empate contra os paraguaios, além de péssimas apresentações, sem criatividade em campo, com um ataque fraquíssimo, sendo assim nada poderia resultar em algo diferente, a eliminação logo na primeira fase.

Em um futebol com tantos estrangeiros como no Calcio italiano, talvez a limitação de jogadores não italiano para que haja o começo de uma renovação possa ser uma das soluções à vergonha de 2010 !

Enquanto do lado eslovaco, em uma partida única, a seleção do Leste conseguiu garantir sua classificação, algo inédito para o país como Eslováquia, após a divisão política com a República Tcheca. Os gols de Vittek (2) e Kopunek, foram o históricos para garantir os 3 x 2 da classificação.

Enquanto isso na outra partida do Grupo F, o Paraguai só empatou com a Nova Zelândia e assim garantiu o primeiro lugar do Grupo tentando escapar da forte Holanda. Já a Eslováquia irá esperar por Dinamarca, ou Japão.

Em um Grupo aonde a Itália escreveu uma história muito negativa, Paraguai, Eslováquia e até mesmo a eliminada Nova Zelândia com seus inéditos 3 pontos, já escreveram uma história de alegria e sucesso nesta Copa 2010.

Um comentário:

  1. Acho que essa Copa está servindo para enterrar o futebol arte, o que impera hoje é força e com muita sorte alguns times apresentam alguma categoria. Mesmo assim, o futebol não perde a emoção, sua maior marca. Não acho ruim seleções tradicionais como a Itália e a França sairem já na 1ª fase, afinal tem que continuar quem tem competência, não dá para ficar “deitado” na história, esperando a vitória chegar do nada. Espero que a seleção do Brasil esteja ciente disso, para não nos decepcionar mais uma vez. Afinal, perder é totalmente aceitável, mas com dignidade sempre.

    ResponderExcluir