Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 15 de junho de 2010

TRÊS PONTOS E POUCA QUALIDADE

Muito semelhante a seleção de 1994, seleção na qual o atual treinador Dunga era o capitão, a seleção de 2010 começou a Copa do Mundo apresentando muitas dificuldades no setor de criação, no meio campo. Naquela época Paulo Sérgio e Raí eram muito contestados e jogavam mal, um lateral, o Mazinho, acabou entrando no meio e ajudando muito o time na criação. No jogo de hoje, Kaká e Elano o segundo apesar do gol marcado, jogaram mal. Além do fato do Brasil ter jogado com dois volantes de marcação, contra uma Coréia do Norte que só usava um atacante contra os brasileiros, .
Diante deste quadro, os laterais acabam sendo muito uitizados como foram no jogo de hoje. Maicon e Michel Bastos foram bem na partida, foram a principal opção de ataque da seleção brasileira, aonde acabou resultando no gol do bom lateral direito canarinho.

Jogando contra seleções retrancadas com duas linhas de quatro marcadores, como foi o caso de hoje, já vimos nas eliminatórias que a seleção com a mesma escalação enfrenta graves problemas, como no jogo contra a Bolívia no Rio de Janeiro e também contra a Colômbia, ambos terminando em 0 x 0.

Com Kaká em má fase física e técnica como ficou claro hoje, a criação das jogadas quando não são pelas laterais, acabam sendo feita por Robinho, que um dos mais esforçados no jogo, voltava a todo instante para criar as jogadas de ataque de forma vertical ao gol adversário, inclusive com grande participação no segundo gol, após um lindo lançamento deixando Elano na cara do gol norte coreano.

O certo é que a pouca movimentação do primeiro tempo e a enorme dificuldade encontrada em romper barreiras defensivas, devem sim ser um motivo de grande preocupação para Dunga, ainda mais diante dos 23 jogadores por ele convocados, que lhe deixam com poucas opções para criação, mas o certo é que com Daniel Álves( o Mazinho de 94), Nilmar e Ramires, a seleção fica muito mais rápida e com opções táticas diferentes, como a troca de posições possível entre Michel Bastos e Daniel Álves, já que o nosso lateral esquerdo vinha jogando e bem na meia esquerda do time do Lyon.

Outro jogador que muito me preocupou foi Luís Fabiano, que jogou mal, muito nervoso cometeu diversas faltas, concluiu mal ao gol e deixou uma dúvida na cabeça de todos aqueles que viram o jogo e que sabem que o jogador passou por algumas sérias contusões este ano no Sevilla.

Assim como em 1994, teremos que contar com muita disciplina dos jogadores e com paciência para assistirmos um futebol burocrático, pouco criativo, sem graça e que tenhamos não só semelhanças táticas em campo, mas sim a sorte do mesmo resultado no final, um futebol feio, porém campeão. Que venha a Costa do Marfim e se possível mais aberta do que a Coréia do Norte, para o bem e alegria do nosso futebol.

Um comentário:

  1. Só vou falar isso : Venceu por 2x1 e dái? Jogo ridículooooooooooooooooo ! Se o importante é vencer, pois bem, venceu !Eu só queria o time do Dunga tivesse a metade do fôlego dos chatos que sopram as vuvuzelas.

    Que o próximo jogo seja diferente, que vá pra cima do adversário e faça um jogo digno de uma seleção 5 vezes campeã !

    ResponderExcluir