Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 31 de março de 2010

Peladas, ou verdadeiras finais ?

Em mais uma quarta feira de muitos jogos de futebol por todo o mundo entre eles os importantíssimos da Champions League e Copa Libertadores, alguns profissionais do futebol brasileiro estarão trabalhando nos menos badalados jogos desta super quarta, porém com a maior pressão possível sobre eles.

Para Fossati por exemplo, uma derrota do Inter em Porto Alegre para o desconhecido e pequeno Cerro do Uruguai pela Copa Libertadores, poderá ser seu fim diante do comando colorado após vários maus resultados.

Já pelo lado carioca, o drama ficará no bairro imperial, aonde em São Januário o Vasco enfrentará o ASA pela Copa do Brasil. Depois de terríveis resultados que proporcionaram a saída de Vagner Mancini, o novo treinador, Gaúcho, vindo do time de juniors em caráter interino tem a chance de cair nas graças da torcida, após os 3x0 emplacados no Maracanã contra o Fluminense no último domingo se houver uma tranquila classificação hoje no jogo de volta após o 1x1 em Maceió, tais resultados poderão promovô-lo à afetivo no comando da caravela cruzmaltina, caso contrário, Gaúcho estará no paredão de São Januário.

Mantendo a linha do drama português, mais parecendo um bom fado em noites frias do bairro de Alfama, a Lusa receberá em jogo nervoso a Ponte Preta, após o 1x1 em Campinas, o técnico Benazzi sente suas orelhas mais quentes e o estômago mais frio à cada dia pelas bandas do Canindé. Com escalações polêmicas, abundante pobreza tática apresentada e a provável eliminação das finais paulistas após a derrota para o Prudente em casa no último domingo, o treinador poderá ser outro desempregado com um resultado desfavorável.

Mas parace que clima tenso mesmo haverá pelos lados do Palestra Itália. Uma eliminação hoje contra o Paysandu poderá ser a gota d'água em um Palmeiras desfigurado, desprestigiado pela torcida, imprensa e parte da diretoria. Depois da vitória por 2x1 em Belém, o verdão joga por um simples empate, ou até mesmo a derrota por 1x0, já que marcou dois gols no Mangueirão, mas como tudo que parece ser fácil tem se complicado nas bandas verdes de São Paulo, melhor esperarmos o resultado final.

Pois com um fim de ano terrível, o Palmeiras enfrenta um primeiro trimestre igualmente ruim, com troca de técnico, mudanças na diretoria, brigas com a torcida, problemas financeiros, ou seja, um caos.

Enquanto alguns jogam a vida em grandes jogos e competições, por aqui pequenos assustam aqueles que deveriam dar como certa as vitórias e classificações tão cobradas por torcidas desesperadas e sedentas por títulos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário