Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 11 de março de 2010

O tiro que saiu pela culatra !

Olá amigos ! É claro que a torcida de times de futebol podem empurrar suas equipes ao ataque à vitórias incríveis, jogos memoráveis. Porém sabemos também que quando querem podem ser um verdadeiro tiro no pé .

O qua aconteceu ontem à noite em jogo válido pela Libertadores da América em Caracas foi uma vergonha .

O time venezuelano estava empatando com o Flamengo por 1 x 1, com um jogador à mais em campo, e aplicando uma enorme pressão aos rubro-negros. Porém, um "gênio" das arquibancadas resolveu jogar uma pedra no assistênte número 1. Resultado, o jogo ficou parado por quase cinco minutos enquanto o bandeirinha era atendido pelos médicos do Caracas e Flamengo. Então, Andrade treinador do time brasileiro, que não tinha nada haver com isso, reuniu seu time , passou instruções e na volta ao jogo o Flamengo em contra-ataques definiu o placar em 1 x 3, com dois gols em uma ótima atuação de Vagner Love e fechando o placar Rodrigo Alvim que havia entrado no segundo tempo.

O pior é que tais barbaridades são costumeiras em jogos da Confederação Sul Americana de futebol e nada acontece, assim foi no jogo Boca Juniors e América do México em Buenos Aires, Corínthians e River Plate no Pacaembu e por aí vai .

Ainda bem que enquanto as pataquadas acontecem fora de campo, o talento e qualidade definem os jogos . Estamos em 2010, até quando absurdos assim serão vistos em arenas esportivas ? Vale a reflexão !

Nenhum comentário:

Postar um comentário