Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 15 de março de 2010

Insistir no erro é burrice

No clássico carioca o Flamengo teve metade das chances do Vasco, porém aproveitou-as em dobro.

O jogo começou com muita velocidade e chance aos dois lados. Pelo Vasco sem poder contar com Carlos Alberto machucado, sem dúvida teve o garoto Coutinho como o melhor em campo, o jovem criou muitas jogadas, buscou sempre o ataque e sofreu um penalti no primeiro tempo, penalti sofrido após dura entrada de Williams, que depois de tamanha sapatada, ainda no chão deu um beijo no atacante vascaíno em forma de desculpa, algo inusitado nos gramados nacionais, mas não foi a primeira surpresa do dia. Na cobrança do penalti, Dodô, que já havia perdido um no campeonato, praticamente recuou a bola para o goleiro Bruno que fez fácil defesa.

Ainda no primeiro tempo, logo após o penalti defendido por Bruno, o Flamengo ainda teve um penalti à seu favor cometido por Márcio Careca sobre Léo Moura, porém não marcado.

No segundo tempo depois de um contra ataque rubro negro, o goleiro Fernando Prass saiu na bola ajoelhado, roubando a bola de Williams que caiu depois da jogada e incrivelmente o árbitro marcou penalti para a revolta dos jogadores vascaínos e até espanto rubro-negro. Mas mostrando à Dodô como se faz, Adriano numa bela cobrança abriu o placar. O Flamengo ainda teve algumas chances de gol, uma depois de rápida virada de Vagner Love e defesa de Prass e outras saídas em contra ataque, já que o Vasco buscava durante todo o segundo tempo o empata e atacava mais.

Vagner Mancini resolveu então mudar o time e colocou Jeferson em lugar de Rafael Coelho que ainda não apresentou no Vasco as mesmas atuações do tempo de Figueirense. Na sua primeira jogada Jeferson chutou ao gol e o zagueiro Álvaro colocou a mão na bola, aí então estava marcado o segundo penalti à favor do Vasco. E quem bateu ? Ele mesmo, Dodô, o jogador dos gols bonitos e como penalti nunca é um gol bonito, o atacante perdeu seu terceiro penalti cobrado no campeonato e o segundo no mesmo jogo.

Daí pra frente a torcida pegou no pé do atacante e do treinador cruzmaltino, o Flamengo mesmo não jogando o fino da bola segurou o placar até o final diante de um Vasco abatido pela péssima pontaria do seu teimoso atacante que ainda insiste em fazer o que não sabe, cobrar penaltis.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Ontem assistir eses penalts perdidos e pensei : Agora vão querer se livrar de Mancini e do Pipoqueiro DODÔ( colocar pra reserva) ... Pior do que os dois penalts perdidos é ver q ninguém toma uma providência .
    Por esses omissões é que assistimos de camarote o Eurico Maldito acabar com nosso Time , tranformou o Vasco num time que vemos hoje .Passamos a humilhação da Série B. Não se pode mais aguentar isso.
    Dodô é um bom rapaz, fez seus golzinhos , mas está numa Péssima fase, JOGADOR EM PÉSSIMA FASE NÃO PODE JOGAR EM TIME NENHUM, o cara não acerta um chute , é arrogante disse q ia bater mesmo pq foi uma ordem do treinador .
    Quando o Flamengo não joga vence fácil.
    Quando o Vasco joga não consegue vencer.
    O Flamengo consegue êxito mesmo quando tudo possa conspirar contra ele.
    Um time com jogadores problemáticos, cachaceiros, que fazem orgias, se esbaldam em bailes, carnaval, puteiros.
    Viram noites, se envolvem em confusões, toda semana fazem parte das páginas policiais como Adriano e Vagner Love, em favelas, cercados de bandidos armados e etc...
    E ainda prevalecem no campo.
    Por isso o Andrade deu uma declaração ao fim do jogo:
    "Prefiro um polêmico artilheiro a um bonzinho que não marca"


    Mas pelo visto ngm tá fazendo nada pra mudar isso.
    REVOLTADA :X

    ResponderExcluir