Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 28 de fevereiro de 2010

No circo da estrelas, quem brilhou foram os coadjuvantes.

Neste domingo tivemos o clássico entre Santos x Corínthians na Vila mais famosa domundo. A polêmica tomou conta do jogo durante toda a semana. Inicialmente foi entre Santos e CBF por conta da convocação de Robinho para amistoso da seleção em Londres. Nessa o Santos saiu perdendo, pois Robinho não foi liberado para o clássico.

Para apimentar mais o "SUPER" jogo deste paulistão, surgiu a polêmica dos ingressos. A diretoria do Santos paracendo ter os olhos maiores que o cérebro, estipulou o valor dos bilhetes em R$ 80,00 o mais barato, fator que esvaziou o estádio que teve apenas 9.029 pagantes. Uma lástima, pois um jogo com tamanho apelo e craques como Ronaldo, Neymar, Roberto Carlos e P. H. Ganso, deveria no mínimo ser jogado no Pacaembu, com todo respeito as tradições e histórias santista na Vila.

Aliás, a presença, ou melhor, a ausência de torcida em clássicos paulistas me assusta. Tá certo que no jogo de hoje a diretoria santistas esqueceu que seu time está em um país do terceiro mundo aonde grande parte da população não gasta R$80,00 em lazer no mês, quanto mais em um único dia de futebol válido por um campeonato no qual seu time no mínimo joga duas vezes por mês em casa. Logo, o torcedor gastaría no mínimo R$110,00 para ver seu time em dois jogos, uma vez que o valor real do ingresso mais barato no estadual é de R$30,00. Isso sem contar com o trasnporte, água , ou qualquer outro artigo inflacionado dentro dos estádio brasileiros, como por exemplo um picolé que custa R$4,00.

Será que abusos e loucuras como estas não podem ser contidas pelo estatuto do torcedor e Ministério Público ? Por que estes setores só se metem em assuntos das quatro linhas quando os interessam ?

Mas como um clássico deste tamanho e tradição não deve ser lembrado pelas lambanças gerenciais, vamos falar de futebol, afinal, este não é um Blog de administração financeira. Assunto este que inclusive no que se refere aos clubes brasileiros, é melhor nem comentarmos .

Dentro das quatro linhas o Santos foi melhor e mereceu o 2 x 1 . Principalmente pelo primeiro tempo e início do segundo. Mesmo sem Robinho, o peixe teve sempre as melhores chances desde o início como o gol perdido por Neymar na saída do goleiro Felipe e principalmente no penalti também cobrado por Neymar e defendido muito bem pelo arqueiro corinthiano.

Mas quando o dia parecia ser um dia de Felipe, Neymar tratou logo de mudar o rumo das coisas. Depois de receber a bola na entrada da grande área o jovem craque santista chutou cruzado no cantinho direito da meta corinthiana marcando 1 x 0 .

No segundo tempo o peixe precionava, quando aos 14 minutos depois de um lindo passe de rosca do meia Marquinhos, que jogou no lugar de Robinho, Neymar tocou para André que tocou pro fundo fazendo 2 x 0 .

Aos 23 minutos da etapa final, numa das poucas jogadas de Ronaldo no jogo, o craque tocou para Dentinho que teve tempo para chutar na trave, dominar a bola no rebote e colocar pro fundo das redes dando números finais ao jogo que ainda teve Moacir e Roberto Carlos expulsos entre os 25 e 29 do segundo tempo ambos pelo segundo amarelo.

No fim, entre lambanças administrativas, convocações fora de hora e muitas estrelas envolvidas, a única que brilhou foi Neymar e os coadjuvantes santistas .

Nenhum comentário:

Postar um comentário