Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Santástico no ataque e trágico na defesa ?


Na noite da última quarta-feira diante de 38.475 pegantes o time do Grêmio venceu em fantástico jogo o badalado time do Santos que estava desfalacado de Neymar por 4 x 3 no jogo de ida válido pela Copa do Brasil.

O primeiro tempo foi um show santista e uma total apatia tricolor, com o placar final em 2 x 0 para o Peixe. Porém na volta ao segundo tempo, com atitude absolutamente oposta, o Grêmio marcou com relativa facilidade quatro gols e abriu 4 x 2, encantando e explodindo sua fanática torcida. Este placar credenciava o Grêmio à classificação com favoritismo às finais da competição.

Entretanto o fato mais curioso da partida foi a contestada substituição de Dorival Júnior que cometeu um grave erro quando substituiu o meia Marquinhos, bem em campo, pelo perdido e desligado Rodrigo Mancha, aliás, jogador este que quando presente em campo tem apresentado pífias atuações, nas quais coloca a defesa do Santos absolutamente exposta e aberta, além de dificultar muito as ações do meio campo santista, foi assim contra o Santo André, em outros jogos no paulista e ontem contra o Grêmio.

Mas quando todos achavam que a "vaca" tinha ido para o brejo, ou melhor, a classificação por água à baixo, Dorival tentando corrigir seu erro, sacou Mancha que ficara somente sete minutos em campo e em seu lugar colocou Rodriguinho, que pouco participou. Para sorte de Dorival e do volante Mancha que talvez tenha ficado marcado definitivamente pelas más atuações, principalmente ontem, Robinho aos 37 minutos do segundo tempo diminuiu o placar definindo em 4 x 3 à favor do time gaúcho e colocando novamente o Peixe na briga pela vaga na final.

Já lado gremista, Borges foi o craque do jogo, com três gols na partida e uma ótima atuação diante de uma zaga que realmente deveria preocupar a torcida, diretoria e terinador santista, pois nos últimos 6 jogos o Santos sofreu 16 gols, uma média de 2.66 gols sofridos por jogo, o que é muito para um time que pretende ganhar difíceis campeonatos como a Copa do Brasil e o Brasileiro 2010. Constantes falhas em outros jogos de Durval, que inclusive ontem cometeu um penalti infantil defendido por Felipe, Dracena e Rodrigo Mancha, têm complicado muito um time que do meio para frente é Santástico como diz torcida e diretoria, mas que do meio pra trás está se mostrando trágico .

Com a pequena vantagem garantida no Olímpico, já que sofrera 3 gols, o Grêmio jogara somente pelo empate na Vila Belmiro, enquanto com o regulamento nas mãos, o Peixe buscará um simples 1 x 0, caso não sofra gols, fato muito difícil pelo que temos visto nos últimos meses.

Pelo outro jogo da semifinal da Copa do Brasil, o Atlético-GO no Serra Dourada venceu o Vitória pelo placar mínimo de 1 x 0, gol de Rodrigo Tiuí.

Um comentário: